1/11
Sail Training
 

Bem-vindos ao mundo das Regatas de Vela Oceânica; um cenário complexo e repleto de variáveis que demandam dos times um trabalho em equipe primoroso para vencer a concorrência.

 

Na sala de aula de abertura, os times assistirão a um vídeo e participarão de um curso de vela, abordando questões de trabalho em equipe, estratégia e competição. A seguir, cada equipe embarcará em seu veleiro oceânico cuja primeira atividade a bordo é uma aula prática de como velejar, capacitando todos do time a desempenharem todas as funções do barco. Em seguida, haverão desafios em que os times atuarão  sobre grande pressão, focados no preparo para vencer a concorrência durante as regatas; sempre acompanhados a bordo de um facilitador de nossa equipe para consolidar o aprendizado das questões vivenciadas, as quais também serão posteriormente resgatadas em sala de aula.

 

A regata é uma atividade intensa, em que todos os times precisam avaliar constantemente o cenário e tomar decisões rápidas para atingir os objetivos, tendo literalmente em vista seu posicionamento frente a concorrência, num cenário extremamente instável e complexo, pois o vento muda constantemente de intensidade e direção. Durante as regatas, as equipes passarão por situações diversas de posicionamento de mercado, percebendo claramente a importância da cooperação e maturidade do relacionamento dos integrantes da equipe como chave para a performance do time num contexto altamente competitivo.

No Sail Training, o foco na concorrência, e como lidamos com ela é constante.

 

Objetivos do SAIL TRAINING

O SAIL TRAINING é um circuito de atividades e dinâmicas outdoor nas quais os participantes vivenciam e desenvolvem várias habilidades e competências, tais como:

 

  • Espírito de equipe.

  • Posicionamento concorrencial.

  • Visão estratégica.

  • Liderança.

  • Tomada de decisões em tempo real.

  • Avaliação de cenários instáveis.

  • Planejamento e organização.

  • Comunicação e integração.

  • Auto-conhecimento, autocontrole e auto-superação.

  • Gerenciamento do tempo e de recursos.

  • Gerenciamento das variáveis incontroláveis.

  • Avaliação e gerenciamento de riscos atrelados à performance.

  • Percepção e sensibilidade.